Dados


clique para imagem ampliada

(clique no gráfico para uma versão ampliada e de melhor resolução)

É de se esperar que o preço do petróleo se correlacione positivamente com o preço
a) A alta do petróleo incentiva a busca por alternativas energéticas.
b) Altas do petróleo ocorrem em momentos de crescimento econômico, quando há aumenta de demanda por todas as fontes de energia.

Naturalmente, o preço de exportação de etanol também vai ser influenciado pela oferta, entre outras variáveis. De qualquer modo, uma correlação positiva pode ser observada de entre 2000 e 2008 (ver gráfico acima). O coeficiente de correlação (Pearson) para as duas séries é 0,89, com um coeficiente de determinação de 0,79. Petróleo e etanol são commodities, com preços bastante sensíveis à conjuntura econômica imediata, especulação do mercado de futuros. Mesmo assim, chama a atenção que o preço dos dois produtos tenha caminhado em uma escala tão próxima em termos relativos, subindo ambos mais de 200% entre 2000 e 2008.

(Importante notar, entretanto, que há anos isolados em que não se observa esse tipo de correlação, como em 2007. Em um post futuro, veremos o caso para 2009.)

Anúncios

graf_etanol_2009peq

(clique no gráfico para uma versão ampliada e de melhor resolução)

Entre janeiro e agosto deste ano, o Brasil exportou 2,3 bilhões de litros de etanol. No mesmo período do ano passado, foram exportados 3,2 bilhões, significando assim uma queda relativa de 28% em 2009.

A recessão econômica mundial, a valorização da moeda brasileira e a baixa do preço do petróleo são fatores que podem ser apresentados como explicação. De qualquer modo, essa conjuntura exemplifica bem o desafio da montagem de estratégias:  seria essa queda nas exportações apenas uma situação temporária e que não deve interferir nos cenários de longo prazo? Como o produtor deve planejar os investimentos nos canais de exportação? Estratégias sempre requerem decisões em cenários com maior ou menor grau de incerteza.

No próximo texto, veremos a relação entre o preço de exportação de etanol e o preço do petróleo.

expetanolpeq

(clique no gráfico para uma versão ampliada e de melhor resolução)

As exportações brasileiras de etanol tiveram um salto de 227 milhões de litros no ano de 2000 para 5,1 bilhões de litros em 2008.  Deve-se notar que isso ocorreu apesar de elevadas barreiras protecionistas, como as americanas. Na próxima postagem, será comentado o desempenho das exportações em 2009.